O que você procura?

1 2 3 4 5 6 7

Renovação de matrícula na rede pública municipal para 2021 tem início na segunda-feira (19) : 16/10/2020 14:50

Os alunos de escolas da rede pública de Varginha podem realizar a rematrícula para 2021 a partir de segunda-feira (19). O processo é para o estudante que já está matriculado ou pretende ingressar na rede municipal de ensino em 2021.

Para alunos de Creche, Pré-escola e Ensino Fundamental, as inscrições seguem até dia 6 de novembro e podem ser realizadas na própria escola onde a criança já está matriculada neste ano.

Para Pré-escolar e Ensino Fundamental, as inscrições seguem até dia 29 de outubro e devem ser realizadas na Secretaria Municipal de Educação (Av. Brasil, nº 171 - Vila Pinto), entre 8h e 11h30 / 13h e 16h. Quem pode se cadastrar:

- Crianças com 4 anos completos ou que irão completar essa idade até 31 de março de 2021

- Crianças com 5 anos completos ou que irão completar essa idade até 31 de março de 2021

- Alunos vindos de outras localidades ou transferidos de escolas particulares

- Candidato ao curso de Educação de Jovens e Adultos – EJA

Compartilhar no Facebook

Mutirão da Dengue recolheu cinco caminhões de lixo e 16 pneus em Varginha nesta quarta-feira : 16/10/2020 14:46

Durante limpeza nos bairros São Lucas, São Joaquim e Vila Paiva II nesta quarta-feira (14), foram recolhidos cinco caminhões cheios de lixo e 16 pneus. Os bairros são considerados novos e com menos volume de materiais inservíveis.

No último mutirão, realizado no dia 30 de setembro, nos bairros Vargem, Sete de Outubro e Jardim das Oliveiras, os agentes da Vigilância Sanitária de Varginha recolheram grande quantidade de lixo; foram 9 caminhões com materiais inservíveis e 28 pneus retirados das ruas e casas. Na última semana, devido ao aniversário de Varginha, não houve atuação da equipe na cidade.

"Com a proximidade do período chuvoso fica o alerta para que a população mantenha casas, quintais e terrenos limpos e principalmente sem recipientes que acumulem água. Como já é de costume, nos dois dias que antecedem o Mutirão é realizada uma campanha para orientar a população que deve colocar na calçada no dia da ação materiais como móveis velhos, latas, vidros, metais, pneus, eletrodomésticos e eletroeletrônicos, menos galhos e restos de construção. Vale reforçar que os caminhões de coleta só passam em cada rua uma única vez", afirmou a Prefeitura.

A Secretaria Municipal de Saúde ressaltou ainda que a maioria dos casos de dengue ocorreram por infestação intradomiciliar, ou seja, com focos existentes dentro das casas ou nos quintais das famílias o que reforça a necessidade da mobilização de toda a população.

Compartilhar no Facebook

Diretoria divulga editais de seleção de ações de extensão no Cefet para 2021 : 15/10/2020 14:52

A Diretoria de Extensão e Desenvolvimento Comunitário (DEDC) lançou quatro editais de fomento a ações de extensão no CEFET-MG para o ano de 2021. Os editais abrangem programas, projetos, cursos e eventos.

As ações devem ser coordenadas por servidores docentes ou técnico-administrativos e podem ser submetidas até 7 de dezembro pelo Sistema Institucional de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA), no menu “Extensão”.

No total, a DEDC investirá R$752.000,00 nas ações selecionadas, com o objetivo de estimular e apoiar ações de extensão junto à sociedade, contribuir para a formação dos estudantes do CEFET-MG, contribuir para o cumprimento das metas do Plano Nacional de Educação, contribuir para o desenvolvimento tecnológico e social do País e divulgar ações de interesse técnico, social, científico e artístico-cultural.

Edital dos programas de extensão: http://www.dedc.cefetmg.br/wp-content/uploads/sites/79/2020/10/Edital-2020.66.pdf

Edital dos eventos: http://www.dedc.cefetmg.br/wp-content/uploads/sites/79/2020/10/Edital-2020.66.pdf

Compartilhar no Facebook

Idosa completa 100 anos e recebe carinho da família após ser curada da Covid-19 em Varginha : 15/10/2020 14:43

Em meio a tantos casos de Coronavírus que estão aumentando a cada dia em Varginha, uma família teve motivos para comemorar a cura e o dom da vida. Uma idosa, que havia sido infectada com a Covid-19 em setembro, recebeu alta após ser curada da doença e completou 100 anos nesta quarta-feira, 14 de outubro.

De acordo com a família e com a médica que realizou o tratamento, que conversaram com o Varginha Online, Benvinda Antônio de Oliveira Azevedo não ficou internada e foi tratada em casa, após consenso da família.

Infectada e curada

A idosa foi atendida em domicílio, por um médico da rede privada, no início de setembro, com suspeita de um quadro de pneumonia, por já possuir quadro de pneumonia de repetição. Ela iniciou tratamento, entretanto, alguns membros da família começaram a apresentar sintomas de síndrome gripal.

Um dos netos chegou a fazer três testes para Covid-19, e no terceiro foi diagnosticado com a doença. Assim, resolveram testar a família inteira, foi aí que detectaram o vírus na idosa.

"Eu comecei a monitorá-la no final de setembro, quando ela já tinha apresentado uma melhora significativa do quadro. Realizou o tratamento domiciliar, mas mesmo assim eu pedi para que eles procurassem um serviço de urgência para fazermos um exame de imagem e exames de sangue, para certificar se estava tudo bem", afirmou a médica Rafaela Rocha Mota, que esteve a frente do tratamento junto à família.

Um mês depois do quadro inicial, a idosa recebeu alta da Covid-19 no dia 6 de outubro, após apresentar melhoras nos exames.

"O monitoramento foi iniciado um pouco tardio, porque a gente não tinha resultado positivo dela. Assim que apresentou resultado positivo para SARS COV-2, nós começamos a monitorá-la", explicou a médica.

100 anos

Dona Benvinda sempre morou no bairro Vila Barcelona, em Varginha, e foi casada com João Nepomuceno dos Reis por 54 anos, estando viúva há 30. Benvinda teve 10 filhos, 36 netos, 45 bisnetos, 5 tataranetos e mais um que irá nascer em dezembro.

Após a alta, a idosa recebeu o carinho dos familiares, que preparam uma simples festa para comemorar os 100 anos de vida da mais velha dos membros da família.

"Nós queríamos ter feito uma festa pra comemorar as duas datas, a cura e a chegada dos 100 anos. Mas fizemos um bolinho só com um pouquinho da família, já está valendo", contou uma das netas da idosa.

Compartilhar no Facebook

Sebrae lança o Catalisa ICT, iniciativa que visa inserir pesquisadores científicos no mundo dos negócios : 14/10/2020 16:02

O Sebrae apresenta nesta sexta-feira (16) o Catalisa ICT, projeto que vai estimular o ingresso de pesquisadores acadêmicos no universo do empreendedorismo. A expectativa é que sejam selecionadas pelo menos mil pesquisas brasileiras com potencial de inovação. O presidente do Sebrae, Carlos Melles e o ministro de Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, participarão da live de lançamento do programa, a partir das 18h. As inscrições podem ser feitas aqui.


O Catalisa ICT é uma iniciativa de alcance nacional, que irá contemplar pesquisadores das 27 unidades da federação. A jornada de aceleração dos pesquisadores para o empreendedorismo terá quatro etapas: mobilização, capacitação, desenvolvimento e teste e tração.

A primeira fase conta com a realização de workshops à distância envolvendo os ecossistemas estaduais de inovação, com a liderança dos Sebrae UFs, para mobilizar os pesquisadores a participarem. A segunda fase é voltada para educação empreendedora, na qual os pesquisadores serão apresentados a conceitos como atitude empreendedora, gestão inovadora, modelo de negócios, prospecção tecnológica, além de serem apresentados a desafios de empresas e da sociedade. Nessa etapa, por meio de editais, haverá o fomento a planos de inovação apresentados pelos pesquisadores selecionados.

No terceiro momento, é hora de aplicar os conhecimentos e propor projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I). Serão abertos editais com aportes de recursos para criação de empresas. Na quarta e última fase, os resultados das empresas criadas serão impulsionados com ações de aproximação com investidores, para captação de capital empreendedor. O Catalisa pretende entregar ao país mais de mil pesquisas com potencial inovador, 270 planos de inovação, 135 projetos de PD&I e 130 pesquisadores atuando diretamente em micro e pequenos negócios.

O gerente de Inovação do Sebrae, Paulo Renato, destaca o potencial do Catalisa ICT em gerar negócios de alta tecnologia, contribuindo para o desenvolvimento econômico do país.

“O foco é explorar a criação de atividades de alto valor, contribuindo para a construção de um tecido empresarial com capacidade de exportação. As universidades brasileiras produzem tecnologias bastante complexas, quando aplicamos isso em negócios, temos muita aderência com o mercado internacional. Sem falar da qualidade dos produtos e serviços que fomentam a competitividade, impactando diretamente no crescimento estrutural brasileiro”, afirma.

A analista de Inovação do Sebrae, Adriana Dantas, explica que o nome do projeto Catalisa ICT é justamente uma referência ao seu potencial de impulsionar negócios.

“Essa é uma proposta inédita do Sebrae, chamamos de catalisador pelo seu caráter de acelerar o empreendedorismo. Vamos conectar pesquisadores e empresas, levantar problemas e trazer soluções das mais diversas naturezas. Nós sabemos da enorme capacidade intelectual que é produzida em nossas universidades, por isso queremos engajar esses conhecimentos e transformar as produções em empresas com pleno funcionamento”, afirma.

Pesquisadores das mais diversas áreas de atuação podem participar. O único requisito é que seja apresentada alguma proposta inovadora. A expectativa do Sebrae é dar luz a projetos que desenvolvam solução para saúde, alimentação, agronegócio, tecnologia da informação, comunicação, entre outras.

“Biotecnologia, materiais sintéticos para implantes, embalagens inteligentes, produtos sustentáveis para a agricultura, a lista de serviços e soluções é imensa. Queremos reunir o máximo de conhecimento acadêmico possível e transformar isso em negócios que respondam às necessidades da população”, completa Adriana.

Compartilhar no Facebook

Corpo de Bombeiros alerta que prática de trotes pelo telefone de emergência é crime : 14/10/2020 15:59

Em informações divulgada nesta quarta-feira (14), o Corpo de Bombeiros de Varginha alertou para trotes realizados para a corporação pelo serviço telefônico de emergência.

"Queria conversar hoje com vocês sobre uma prática muito chata que é o TROTE. Quando o bombeiro sai para atender um trote, ele deixa de atender uma vítima real. O custo com o atendimento de um trote quem paga é você. Além do deslocamento da equipe, o problema é que, nesse mesmo tempo, alguém pode estar realmente precisando de socorro", afirmou Tenente Marangon, do 9º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar de Varginha.

O 193 é uma Central de Emergência e deve ser acionada em caso de acidentes com vítimas, incêndios, afogamentos, soterramentos, ou qualquer situação onde haja um risco iminente.

O artigo 266 do Código Penal Brasileiro prevê pena de um a três anos, além de multa, para os casos de perturbação do serviço telefônico de emergência.

Compartilhar no Facebook

Após obras e reabertura no feriado, Zoológico continua funcionando com regras e limites para visitantes : 14/10/2020 15:55

O Zoológico de Varginha, um dos principais pontos turísticos da cidade, foi reaberto durante o final de semana, para visitação. O local estava fechado desde o começo da pandemia do Coronavírus e passou recentemente por obras, para que pudesse voltar a funcionar.

Atualmente o Parque Zoobotânico Dr. Mário Frota, possui cerca de 300 animais, de 45 espécies. Os mais procurados são o Leão, o Tigre Siberiano, a Onça pintada, as Araras, os Macacos, os Papagaios e os Lobos Guará.

O horário de visitação acontece entre 9h e 16h e o valor da entrada é de R$4. Crianças de até 5 anos, e idosos maiores de 60, não pagam.

Várias medidas de prevenção ao Coronavírus foram adotadas pela Prefeitura e pela Secretaria Municipal de Turismo. Confira:

- Limite de 120 visitantes. Controle de entrada e saída por fichinhas numeradas, que são constantemente higienizadas.

- A obrigatoriedade da utilização de máscaras de proteção facial.

- Colaboradores do parque zoobotânico estão com termômetro digital, medindo a temperatura de todos que entram no parque.

- Totem de álcool em gel (com pedal), e funcionário com “borrifador” para a higienização das mãos dos visitantes, na entrada e na saída.

- Distanciamento de no mínimo 1,5m entre os visitantes, inclusive com marcação na calçada, caso haja fila de entrada para acesso ao zoo.

- A solicitação para que os visitantes tragam sua água, pois pelas normas estabelecidas pela vigilância sanitária e secretaria de saúde, os bebedouros estão desativados, evitando assim o contato de várias pessoas.

- Banners com os cuidados neste período de pandemia foram fixados em vários locais do parque, assim como os colaboradores estão instruindo todos os visitantes para que sigam essas normas, visando a proteção de todos. Faixas zebradas também foram fixadas próximo aos recintos dos animais, para que todos se conscientizem sobre a importância do distanciamento.

- Funcionários estão fazendo a higienização constante dos novos banheiros do parque.

- Proibição da comercialização de alimentos e bebidas dentro do parque

Compartilhar no Facebook

Pesquisas aprimoram queijo artesanal mineiro, ajudam a melhorar produção e garantem segurança dos consumidores : 13/10/2020 15:49

Minas Gerais é um estado famoso pelos queijos em todo o país e até no exterior. Produtos das regiões do Serro e Canastra são conhecidas por seus sabores e texturas e, outros locais, como o Campo das Vertentes, também têm investido no filão.

Com condições climáticas e ambiente propício para o processo de maturação, a região está retomando e expandindo a produção de queijos artesanais. E tem recebido apoio do Centro de Pesquisa e Treinamento em Queijos Artesanais (CPTQA), que funciona no Campo Experimental Risoleta Neves da Epamig, em São João del-Rei.

Estão sendo produzidos diversos estudos para aprimorar a produção regional. O grande diferencial do Centro é que as pesquisas focam os queijos feitos a partir de leite cru. Os estudos desenvolvidos no CPTQA têm três metas: agregar valor à produção, reduzir a mão de obra e aumentar a segurança do consumidor.

Exemplo de pesquisa desenvolvida no Centro, e que contou com o apoio da Fapemig, é do pesquisador Junio Cesar Jacinto de Paula. O estudo está desenvolvendo uma embalagem ativa com permeabilidade seletiva de oxigênio e umidade, compostos que inibem a criação de fungos, problema recorrente durante a maturação.

Diversidade

Decreto que regulamenta a produção e comercialização dos queijos artesanais em Minas Gerais, assinado recentemente pelo governador Romeu Zema, vem ampliado possibilidades de preparo e maturação dos queijos artesanais feitos com leite cru. Com isso, as pesquisas realizadas pelo Centro estão a todo vapor. A meta é ampliar o suporte aos produtores e garantir a segurança desses queijos.

Compartilhar no Facebook

Exames de rastreio ajudam a prevenir o câncer de mama : 13/10/2020 15:47

A ampliação da cobertura do exame de mamografia é uma das metas da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG). Segundo a Organização Mundial de Saúde, o exame preventivo de câncer de mama pode reduzir em até 40% as mortes entre o público feminino por conta da doença. Em Minas Gerais, estima-se que em 2020 serão registrados cerca de 8.250 novos casos de câncer de mama e 1.270 de câncer de colo do útero. O câncer de mama é a modalidade da doença que mais mata entre as mulheres, por isso há mais de 20 anos a campanha mundial Outubro Rosa alerta para a necessidade da prevenção.

Os 27 Centros Estaduais de Atenção Especializada (CEAE) distribuídos pelo estado são parte da estratégia da SES-MG para ampliar a cobertura do exame de mamografia. Beneficia 49 microrregiões de saúde e cerca de 7.8 milhões de pessoas. Os CEAEs oferecem serviços ambulatoriais especializados com ênfase na propedêutica do câncer de colo de útero e mama. Possuem abrangência microrregional e devem atuar de maneira integrada à Atenção Primária e a Atenção Terciária, seguindo as diretrizes assistenciais e protocolos definidos pela SES-MG.

“Nosso primeiro desafio é reduzir a mortalidade por câncer de mama e do colo do útero a partir da ampliação do número de exames de rastreio”, afirma a ginecologista e obstetra Regina de Aguiar, consultora técnica da Coordenação Materno Infantil da SES –MG. Em Minas Gerais há 368 mamógrafos credenciados pelo SUS. A cobertura ideal é de 70% da população alvo: mulheres da faixa de 50 a 69 anos.

Para aquelas que têm o diagnóstico firmado, o grande desafio é o tratamento em tempo hábil, incluindo a reconstrução da mama no momento da cirurgia de sua retirada, e o acompanhamento dessas pacientes para preservar sua qualidade de vida independentemente da idade, incluindo vida sexual e reprodutiva. “É necessário conscientizar o público-alvo sobre a relevância das ações de prevenção, que devem se iniciar ainda na adolescência; e da realização dos exames de rastreio”, frisa Regina.

A prevenção do câncer engloba ações para reduzir os riscos de ter a doença e inclui evitar a exposição aos fatores de risco bem como a adoção de um modo de vida saudável, além de exames de rastreamento conforme preconizado pelo Instituto Nacional de Câncer (INCA), do Ministério da Saúde.

“O diagnóstico precoce aumenta a possibilidade de redução da mortalidade. Ressalta-se que o diagnóstico tardio contribui para o aumento de internações e intervenções, impactando na qualidade de vida da paciente e do seu contexto familiar/social” pondera a diretora de Ações Especializadas da Subsecretaria de Políticas e Ações de Saúde da SES-MG, Cristiane Barbosa Marques.

Para o rastreamento do câncer de mama, as mulheres assintomáticas de 50 a 69 anos devem realizar a mamografia bilateral bienalmente. O exame também é indicado para mulheres assintomáticas a partir de 35 anos caso pertencerem ao grupo de risco, com histórico familiar ou pessoal de câncer de mama.

Em Minas Gerais são 38 hospitais habilitados na alta complexidade em oncologia no SUS (UNACON/CACON) que ofertam assistência especializada e integral ao paciente com câncer, atuando no diagnóstico diferencial, estadia e tratamento que engloba a quimioterapia, cirurgia oncológica, radioterapia e serviço de apoio diagnóstico e terapêutico.

Compartilhar no Facebook

Fórum retoma atendimentos presenciais nesta terça-feira : 13/10/2020 15:44

O Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJMG) publicou, na última quinta-feira (08), a Portaria Conjunta nº 1067/PR/2020, que retornou o município de Varginha ao Grau de Risco Amarelo de acordo com os parâmetros do programa “Minas Consciente Retomando a Economia do Jeito Certo”, com as medidas de proteção para a não propagação do coronavírus.

Com a decisão, as atividades presenciais serão retomadas a partir de hoje (13) na Comarca de Varginha até deliberação ulterior do TJMG e os atendimentos serão conforme estabelecidos na Portaria Conjunta nº 1.025/PR/2020 do TJMG.

"A Diretoria da OAB Varginha envidou todos os esforços de maneira urgente para a retomada das atividades, oficiando o Presidente do TJMG, Desembargador Gilson Soares Lemes, para reverter a situação, inclusive com encaminhamento de estudos sobre a atual situação do nosso Município no cenário estadual, vez que a advocacia local urge pelo retorno das atividades nos Foros (ofício 207/2020)", afirmou a OAB.

O presidente da OAB Varginha, Alexandre Prado, afirma que está em contato direto com o Diretor do Foro, Tarciso Moreira de Souza, para os últimos ajustes antes da reabertura gradual das atividades presenciais.

“Estamos atentos às orientações para a reabertura do foro. Limite sua ida ao Foro a casos urgentes. Se você puder retardar a sua ida, para a entrega de processos que não sejam urgentes, facilitará o trabalho dos colegas que têm urgência, evitando, assim, a aglomeração de pessoas. Não esquecendo que essa abertura tem como pré-requisito fundamental cuidar da saúde e obedecer às normas sanitárias. Assim, teremos segurança para o exercício da nossa profissão”, disse. "Informamos que todas as medidas de proteção e segurança estão sendo adotadas pela OAB Varginha", completou.

"Sendo assim, em atendimento às necessidades impostas pela pandemia e aos pedidos de vários colegas que utilizam diariamente as salas da OAB Varginha instaladas nos diversos foros em funcionamento, analisamos a necessidade de estabelecer parâmetros para utilização dos espaços, visando o bem-estar dos(as) nobres advogados(as) e dos funcionários da instituição", encerrou a OAB.

A partir de hoje, a utilização das salas deverá obedecer algumas regras, como:

a) Serão disponibilizados somente dois computadores na Sala da OAB Fórum e nas demais salas somente um.

b) Para utilização dos terminais de computador é necessário agendamento prévio pelo telefone: 3221-5965 (OAB Fórum) 3222-5844 (Juizado Especial), 3222-2499 (Justiça do Trabalho), com liberação de 30 minutos por dia para utilização do computador/impressões, desde que os profissionais estejam assintomáticos (proibido acompanhantes/estagiários/secretárias);

c) Cada advogado poderá efetivar no máximo um agendamento por dia, mediante disponibilidade, diretamente pelo telefone da respectiva sala de apoio;

d) Distanciamento social de 2 metros;

e) É obrigatório o uso de máscaras de proteção durante todo o período de permanência nas salas;

f) O advogado deverá trazer/utilizar somente seus pertences pessoais como caneta, pen drive, entre outros;

g) Já as cópias xerográficas e digitalizações serão efetivadas mediante pedido online pelo email digitalizacao@oabvarginha.org.br;

h) Após cada atendimento os espaços serão higienizados com álcool 70%;

"Agradecemos o apoio e informamos que todas as medidas supracitadas estão sendo tomadas buscando preservar a saúde dos profissionais que utilizam as salas da OAB Varginha. Colocamos a Vigésima Subseção à disposição de todos, inclusive para apontamentos de eventuais mudanças que visem a execução das atividades com a segurança que o momento impõe", encerrou a OAB.

Compartilhar no Facebook

Municípios precisam reduzir a burocracia e simplificar ambiente de negócios locais, afirma Sebrae : 13/10/2020 15:40

Desde o dia 1º de setembro, os negócios mantidos por microempreendedores individuais (MEI) estão dispensados de alvará e licença para funcionar, o que permite o início imediato das atividades após inscrição no Portal do Empreendedor. A medida foi aprovada, por meio da Resolução nº 59, do Comitê para Gestor da Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (CGSIM), com o apoio do Sebrae, que faz parte do comitê.

Em meio à campanha eleitoral municipal, o Sebrae orienta que os futuros prefeitos e prefeitas, bem como os novos integrantes das câmaras desenvolvam medidas que desburocratizem e facilitem a vida daqueles que sonham em ter seu próprio negócio.

Para ajudar as gestões municipais na adoção de medidas que incentivem o desenvolvimento do empreendedorismo local, criando um ambiente mais favorável para os pequenos negócios, o Sebrae lançou o documento Guia do Candidato Empreendedor, com o apoio Frente Parlamentar Mista da Micro e Pequena Empresa, da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), do Instituto Rui Barbosa, com a Associação Nacional dos Membros do Ministério Público e da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil.

O guia indica um conjunto de ações para desenvolver os municípios com a força dos pequenos negócios, que dependem do estímulo e valorização dos gestores locais para alcançar sucesso.

“A desburocratização é vista como um facilitador para o sucesso dos pequenos negócios, proporcionando aos municípios agilidade no processo de abertura das empresas, geração de empregos e oportunidades aos seus cidadãos. Por isso é fundamental a adoção de um amplo processo de desburocratização em todos os municípios brasileiros para tornar as micro e pequenas empresas mais competitivas, contribuindo para a retomada da recuperação da economia brasileira”, defendeu o presidente do Sebrae, Carlos Melles.

Na terceira matéria da Série ‘Sebrae nas Eleições’, a Agência Sebrae de Notícias (ASN) destaca a importância de desburocratizar e agilizar a abertura, fechamento e alteração cadastral de pequenos empreendimentos, dando ao segmento um tratamento diferenciado e favorecido, conforme previsto na Lei Geral da Micro e Pequenas Empresas e na nova Lei de Liberdade Econômica.

Desburocratize e simplifique

O Sebrae orienta que os futuros prefeitos e prefeitas promovam ações para que seus munícipios façam parte da RedeSim, sistema nacional que integra juntas comerciais, prefeituras, órgãos de inscrição tributária e de licenciamento. A adesão à rede permite reduzir o tempo de abertura de empresas, adotando a premissa da boa-fé, a simplificação de processo e o licenciamento online.

De acordo com os dados referentes ao 2º quadrimestre deste ano, disponíveis no Mapa das Empresas (ferramenta lançada em maio pelo Ministério da Economia), o tempo médio para a abertura das empresas no Brasil, caiu pela metade, passando de 5 dias e 9 horas para 2 dias e 21 horas. A meta até 2022 é que o tempo máximo de abertura seja de apenas 1 dia.

As prefeituras também devem estimular os empreendedores familiares do campo a buscarem o certificado Selo Arte, considerado importante instrumento para qualificar a produção e a comercialização interestadual de alimentos. Para isso, é preciso que os gestores públicos municipais, apoiem o licenciamento e comercialização locais com a implantação do Serviço de Inspeção Municipal (SIM), responsável por cuidar da fiscalização industrial e sanitária obrigatória aos produtos de origem animal. A simplificação de emissão de alvarás de construção é outra ação indicada para desburocratizar e atrair novos negócios para a localidade e com isso, gerar emprego e renda na localidade.

As ações indicadas pelo Sebrae fazem parte do Programa Cidade Empreendedora, testado e aprovado por todo o país. A partir da adesão ao programa, os prefeitos e prefeitas assumem o compromisso de colocar o município como referência no apoio ao empreendedorismo e recebem apoio técnico do Sebrae. Além de incentivar e orientar as prefeituras que aderem ao programa, o Sebrae também reconhece os esforços dos gestores municipais, por meio do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, que desde o ano 2000, identifica, valoriza e divulga as boas práticas e a capacidade administrativa de gestores que implementaram iniciativas como o Cidade Empreendedora.


Case de Sucesso

Há três anos, Fortaleza conquistou o 1º lugar no ranking das capitais mais desburocratizadas do Brasil. O reconhecimento veio após a prefeitura criar o sistema “Fortaleza Online”, que ampliou o acesso dos cidadãos aos serviços de licenciamento, impôs agilidade ao atendimento, eliminou exigências desnecessárias e assegurou transparência aos processos. Ao todo, foram disponibilizados 29 serviços online com entregas imediatas. De 2012 a 2017, o número de licenciamentos concedidos passou de 1.300 para 39 mil.


Dia Nacional da Micro e da Pequena Empresa

O dia 5 de outubro celebra o trabalho dos mais de 17 milhões de empreendedores brasileiros que com seus pequenos negócios são responsáveis por movimentar a economia do país. Segundo dados do Sebrae, as micro e pequenas empresas representam 99% de todas empresas brasileiras e respondem por quase 30% do PIB e 55% do estoque de empregos formais.

Compartilhar no Facebook

Escola Antonette Johnson, na Vila Barcelona, anuncia encerramento das atividades em 2021 : 13/10/2020 15:29

Em nota divulgada na última sexta-feira (09), uma das escolas mais tradicionais de Varginha anunciou o fechamento em 2021. Aós 34 anos de atividades no bairro Vila Barcelona, a Escola Antonette Johnson não funcionará mais a partir do próximo ano.

De acordo com o comunicado, os pais foram avisados da decisão da escola, que enfrenta dificuldades devido à pandemia do Coronavírus. De acordo com a diretoria, as aulas serão mantidas até o final do ano letivo de 2020.

Ainda de acordo com a diretoria, serão expedidos todos os documentos necessários para o ingresso dos alunos em outra escola. A escola atende crianças da Educação Infantil e Ensino Fundamental I.

Confira a nota completa

"Prezados pais, alunos e responsáveis,

Após 34 anos de atividade, atendendo crianças na Educação infantil e Ensino Fundamental I, a Escola Antonette Johnson vem por meio deste, informar a suspensão de nossas atividades a partir de 2021. Essa difícil decisão foi tomada, após analisar a inviabilidade de continuarmos; assim como todo setor educacional temos sofridos os impactos financeiros agravados pela pandemia que atingiu o mundo todo. Os alunos matriculados continuarão sendo atendidos até o fim do ano letivo de 2020, quando serão expedidos todos os documentos necessários para o ingresso em outra escola. Agradecemos a todos que contribuíram e participaram durante todos esses anos da história da Escola Antonette Johnson. Quaisquer dúvidas entrar em contato com a secretaria da escola pelo telefone ou whatsapp."

Compartilhar no Facebook

Matriz do Divino faz alerta para golpes aplicados em nome da paróquia : 09/10/2020 14:52

A Paróquia do Divino Espírito Santo emitiu nota comunicando que alguns fiéis da comunidade estão recebendo pedidos de doações, em nome da paróquia.

De acordo com a paróquia, informações foram recebidas de que grupos e pessoas estariam se identificando como membros da paróquia, pedindo alimentos, doações em dinheiros e objetos nas casas dos fiéis. A paróquia informou ainda que não está envolvida em nenhuma ação de arrecadação.

"Informamos que a Paróquia do Divino Espírito Santo não está fazendo arrecadações de porta em porta. Nenhum movimento ou pastoral está autorizado a arrecadar dinheiro, objetos, alimentos ou qualquer tipo de doação", informou o comunicado.

Qualquer dúvida ou informação, entre em contato pelo (35) 3690-1500.

Compartilhar no Facebook

Renovação de matrícula para 2021 na rede pública estadual de Minas Gerais começa hoje : 09/10/2020 14:46

Começa nesta sexta-feira (09), o período de renovação de matrícula para os alunos da rede pública estadual de ensino de Minas Gerais. Até o dia 30 de outubro, os estudantes que pretendem continuar na mesma escola devem fazer o processo que, neste ano, será on-line. A renovação de matrícula para os estudantes que já estão na rede estadual de ensino será formalizada pelos pais/responsáveis ou pelo próprio aluno, quando maior de idade, no endereço renovacao.educacao.mg.gov.br.

Já para os alunos que não têm acesso à internet, as famílias, ou o aluno maior de 18 anos, devem entrar em contato com a escola, por meio de telefone, aplicativo de mensagens, e-mail ou outros meios disponíveis, dentro deste mesmo período, para manifestar à gestão da unidade de ensino o interesse de continuidade de estudos onde se encontram matriculados.

Para quem pretende mudar de escola ou vir de outra rede de ensino para a rede pública estadual, será necessário aguardar o momento do cadastramento escolar que, de acordo com a Resolução SEE nº 4.421, deverá ocorrer em novembro.

Renovação

Para realizar a renovação da matrícula, os pais /responsáveis, ou o aluno maior de 18 anos, deverão acessar o site acima entre os dias 09 e 30 de outubro. Será necessário inserir o número da matrícula no campo destinado ao login, e a data de nascimento com dia, mês e ano com os quatro dígitos (sem barras), no espaço destinado à senha.

Caso o estudante não tenha o número da matrícula, basta clicar na opção “recuperar número de matrícula do aluno”. Ao selecionar essa opção, o sistema solicitará identificação da escola onde o aluno está matriculado, seu nome completo, data de nascimento e o nome da mãe ou do pai.

Ao concluir o procedimento de renovação da matrícula, será disponibilizado aos pais/responsáveis ou ao próprio aluno, quando maior de idade, o comprovante de renovação que poderá ser impresso ou salvo em formato PDF.

Compartilhar no Facebook

Sebrae Minas retoma as atividades coletivas de capacitação : 08/10/2020 14:49

O Sebrae Minas retoma as capacitações coletivas nos municípios onde as atividades presenciais estejam autorizadas.

A retomada será feita de forma gradual, seguindo os decretos municipais e os protocolos de segurança. A programação de atividades em cada município pode ser conferida na loja do Sebrae.

As atividades de capacitação coletivas estão limitadas a um número máximo de 30 pessoas por turma, respeitando o distanciamento de dois metros entre os participantes.

O acesso às dependências do Sebrae é rigorosamente controlado e inclui o uso obrigatório de máscara de proteção e a medição de temperatura corporal.

Para evitar a proliferação do coronavírus e preservar a saúde dos colaboradores, clientes, fornecedores e parceiros, o Sebrae adotou um protocolo rigoroso de limpeza e higienização dos ambientes, além de limitar o acesso de pessoas, tudo devidamente sinalizado e monitorado. Todas as salas de capacitação do Sebrae dispõem de álcool gel e álcool líquido 70%. Na sede, em Belo Horizonte, o sistema de climatização funciona durante todo o dia, para garantir a renovação permanente do ar.

Já nas unidades regionais, as portas e janelas das salas de capacitação permanecerão abertas e os aparelhos de ar condicionado irão funcionar apenas no modo ventilação.

O Sebrae Minas também retomou os atendimentos individuais presenciais, mas somente com horário agendado por meio da Central de Relacionamento (0800 570 0800), WhatsApp (31) 9 9822-8208 ou mídias sociais.

Compartilhar no Facebook

Profissionais do SAMU realizam treinamento de Adaptação ao Serviço Aeromédico em Varginha : 08/10/2020 14:47

O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais realizou no início do mês, por intermédio da 2ª Companhia Especial de Operações Aéreas pertencente ao Batalhão de Operações Aéreas, o Treinamento de Adaptação ao Serviço Aeromédico, que contou com a participação de 17 profissionais do CISSUL SAMU, entre médicos e enfermeiros.

No dia 2 de outubro, as atividades se deram na Sede da Companhia em Varginha, onde os alunos participaram de instruções teóricas sobre a rotina operacional do serviço, conhecimentos técnicos das aeronaves, segurança de voo, Crew Management Resource (CRM), fisiologia do voo, nós e amarrações e procedimentos operacionais padrão envolvendo as atividades aéreas.

"As aulas tinham como objetivo proporcionar aos Médicos e Enfermeiros do SAMU conhecimentos básicos aeronáuticos, assim como familiarizar com a atividade, aeronaves, equipamentos, sinalização, preparação de zona de pouso de helicóptero e formar multiplicadores da doutrina aeronáutica", afirmou o Samu.

Na sexta-feira e no sábado, as atividades foram práticas na aeronave, com a execução de embarque e desembarque, com a realização de procedimentos de emergência, e na torre uma adaptação em altura e rapel de aproximadamente 20 metros.

No final do curso os profissionais realizaram um simulado na zona rural onde puderam demonstrar todo conhecimento adquirido no curso. Eles realizaram uma caminhada de 2km em locais de difícil acesso transpondo vários obstáculos e dificuldades como cachoeira e mata fechada para acessar as vítimas e retornar com elas até o ponto de extração do helicóptero. Esta etapa do treinamento visava demonstrar aos alunos os conceitos de união, companheirismo e espírito de corpo, além de desenvolver o trabalho em equipe.

"Ao termino do curso os profissionais capacitados estão aptos para atuarem junto ao SAAV, executado pela parceria firmada entre CBMMG, Secretaria de Estado de Saúde e o Consorcio Intermunicipal de Saúde da Macro Região do Sul de Minas (CISSUL SAMU). Com os novos integrantes, o SAAV contará com profissionais preparados para atuarem em missões em que o helicóptero se faz necessário, levando a sociedade sul mineira um atendimento de excelência", completou.

Compartilhar no Facebook

Bombeiros gastam 1500 litros de água para controlar incêndio às margens da Avenida do Contorno : 08/10/2020 14:42

Um incêndio atingiu um pasto às margens da Avenida do Contorno, em Varginha, nesta quarta-feira (07). A fumaça atrapalhava a visão dos motoristas que trafegavam próximo ao local, na saída para Três Pontas.

Três militares do Corpo de Bombeiros foram empenhados na ação que gastou, aproximadamente, 1500 litros de água para combater as chamas. "O incêndio foi extinto pelos bombeiros, eliminando qualquer risco na pista", enfatizou os militares.

Não há informações sobre o que teria causado o incêndio.

Compartilhar no Facebook

Bombeiros têm novo aliado contra incêndios florestais : 06/10/2020 14:49

O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais já pode contar com um novo aliado no combate a incêndios florestais: a aeronave Air Tractor. O modelo integra série de investimentos da corporação em inovações e tecnologias já consolidadas como referências mundiais para reforçar as missões de combate ao fogo.

Além do avião, que tem capacidade para espargir três mil litros de água de forma fracionada ou apenas em um ponto específico, o CBMMG faz a utilização estratégica de anemômetros, aparelhos que aferem a velocidade e direção do vento. O equipamento é fundamental para compreender melhor a evolução dos focos e aprimorar o combate.


Segurança

O uso da aeronave reduz o tempo de combate na operação já que o lançamento da água é administrado por um computador que ajusta a descarga nos focos de incêndio, controlando assim as chamas em determinados locais. Além disso, o avião facilita o combate em pontos de difícil e arriscado acesso para os militares.

Este é o primeiro ano que o Corpo de Bombeiros Militar loca horas de voo do Air Tractor para o combate às chamas. Além de mais autonomia, o avião é estratégico para otimizar a atuação dos militares. Economicamente, o Air Tractor é mais vantajoso do que os helicópteros, pois reduz o número de viagens e, consequentemente, a reposição de combustível.

Os helicópteros bambi bucket (cestos), com capacidade para 400 litros de água, continuam a ser utilizados, sobretudo em focos mais pontuais e na alocação de equipes em pontos estratégicos, locais de relevo acidentado ou isolados. A ação conjunta avião e helicóptero agiliza a extinção do incêndio, o que promove menor dano aos biomas locais.

O Batalhão de Emergências Ambientais (Bemad) e o Batalhão de Operações Aéreas (BOA), que compõe o Comando Especializado de Bombeiros, operam as ações de combate a incêndios no estado.

Compartilhar no Facebook

Prefeitura explica que palmeira cortada na Praça da Fonte estava levando risco à população : 06/10/2020 14:44

Na última semana uma palmeira foi cortada na Praça da Fonte, no Centro. De acordo com a Prefeitura, que se pronunciou nesta terça-feira (6), a árvore estava levando risco à população e precisou ser suprimida.

Segundo a Prefeitura, "a palmeira estava doente, a broca comeu uma lateral dela e estava presa apenas pela base, podendo tombar a qualquer momento. Foi uma questão de segurança. Um engenheiro da Secretaria de Meio Ambiente foi até o local vistoriar a palmeira, sendo realmente necessário o corte", explicou.

"As podas são necessárias por várias questões, para manter a distância da fiação de energia, pela questão de segurança, deixando o local menos escuro, e para retirada de galhos que estavam ameaçando cair em vias públicas. Tudo isso vistoriado pelo engenheiro da Secretaria de Meio Ambiente", completou.

Após o corte, a população se mostrou dividida nas redes sociais. Enquanto alguns criticaram a ação, solicitando respostas de autoridades da cidade, outros defenderam afirmando que "se cortou é porque iria oferecer risco precoce de queda", escreveu um popular nas redes sociais.

Compartilhar no Facebook

Armazém Inteligente 4.0 da Agrotopus eleva eficiência operacional em Armazéns Gerais de café em Varginha : 05/10/2020 14:44

Parte da multinacional brasileira Valid que é líder no mercado de identificação segura e rastreabilidade, a Agrotopus avança com soluções em transformação digital para novas frentes ligadas ao agronegócio e conquista seu primeiro case em Armazéns Gerais de Café com a implantação da solução Armazém Inteligente 4.0.

Toda essa expertise em rastreabilidade e inovação, juntamente com a evolução da plataforma e a especialização em armazéns de café permitiram que a agritech conquistasse novos nichos do mercado de grãos, uma vez que todas as soluções para o setor cafeeiro podem ser transportadas para várias outras culturas, entre elas sementes de soja e algodão.

Em Varginha, na região que se destaca na produção e exportação de café arábica, a Agrotopus implantou a solução Armazém Inteligente 4.0 na LIV Logística, que tem a capacidade de 400 mil sacas de armazenagem, incorporando o know-how operacional deste parceiro em um conjunto de novas funcionalidades na plataforma.

No armazém, que hoje beneficia cerca de 1 milhão/ano de sacas de café, a Agrotopus aplicou um sistema que localiza as bags e faz a gestão de todos os processos de estoque a partir da identificação por radiofrequência com a aplicação de etiquetas inteligentes RFID desenvolvidas pela Valid.

Este projeto inclui rastreamento por geolocalização, com uso de aplicativos móveis e análise de dados avançada que garantem o acompanhamento em tempo real dos lotes, desde a entrada do café no armazém, passando por todas as etapas de armazenagem e rebenefício, até entrega do café.

Outro ponto chave da solução é a produtividade.

“A Agrotopus evoluiu a solução concebida para cooperativas, criando um produto totalmente inovador, voltado à realidade operacional e gestão de Armazéns Gerais. Demos um salto muito grande e estamos muito à frente de qualquer solução hoje. E não é só isto. Não basta ter um bom produto sem um bom suporte na ponta e para isto é necessário ter uma equipe especializada de campo que está sempre pronta e agir, garantindo total disponibilidade. Só quem conhece o que é uma operação no armazém no pico da safra para ter noção. Este é um dos grandes diferenciais da Agrotopus”, destaca Robinson Herzeg, diretor da Agrotopus.

“O avanço tecnológico e o surgimento de sistemas inteligentes trouxe a necessidade de investir em tecnologias capazes de melhorar os processos de gestão e, consequentemente, ser cada vez mais eficientes e competitivos através de uma gestão completa. Meu objetivo era deixar de olhar apenas para o estoque e enxergar o negócio como um todo. Isso nos motivou a procurar um parceiro completo, que traga soluções 360°”, explica o diretor da LIV Logística, Matheus Paiva.

Segundo Paiva, esse também foi um investimento em mais transparência. É possível ter o controle total de tudo o que acontece no armazém, que tem em média uma movimentação de 351.760 sacas/mês. “Ter as informações corretas acessíveis ajuda a tomar as decisões de forma mais rápida e eficiente, permitindo inclusive uma gestão de custos com maior precisão”. O executivo ainda ressalta que o sistema permite uma maior segurança tanto para o cliente como para o produtor.

Segundo Henrique Venga Cardoso, assistente de Engenharia da LIV, quando se trata de cafés certificados ou não, a rastreabilidade é fundamental. Além de permitir que qualquer elo saiba todas as etapas por onde seu produto passou, ela permite acesso a informações mais confiáveis e em tempo real.

“Agora com a rastreabilidade conseguimos saber quando o café chegou, onde foi armazenado, se teve alguma movimentação até quando saiu. Com o mapa da Agrotopus é possível mostrar aos nossos clientes onde o café dele está naquele exato momento”, destaca Cardoso.

Fundada em 2015, a Agrotopus cria soluções tecnológicas para todas as frentes do agronegócio. As ferramentas são feitas sob medida e os conceitos desenvolvidos para o mercado de café podem ser aplicados para culturas diversas, tais como sementes de soja e algodão, além de outras atividades econômicas.

Compartilhar no Facebook

Campanha arrecada brinquedos para crianças de bairros carentes e da Associação Escolhi Amar : 02/10/2020 14:45

Realize sonhos, doe brinquedos! Teve início nesta quinta-feira (1º), a campanha de arrecadação de brinquedos para as crianças carentes de Varginha e para a Associação Escolhi Amar. "Ajude uma criança doando brinquedos novos ou usados em perfeito estado", pediu a organização.

O ponto de arrecadação está localizado em frente a Lojas Americanas, no Shopping e estará disponível até dia 12 de outubro, Dia das Crianças. Os brinquedos podem ser deixados de segunda a sábado, entre 10h e 22h, e aos domingos entre 11h e 22h.

Associação Escolhi Amar

O projeto “Eu Escolhi Amar”, nasceu em uma viagem ao Haiti no ano de 2012, onde Everton Rodrigues se deparou com a miséria e ainda presenciou de perto a verdadeira fome e dificuldade. No Haiti ele se despertou para uma realidade cruel que também acontece no Brasil.

"No momento da viagem já existia um trabalho social com crianças de uma comunidade carente da zona leste de São Paulo. Então foi fácil entender que o Haiti também é aqui, pois não foi necessário naquele momento atravessar o oceano para cuidar do próximo", afirmou a associação.

No início eram 30 crianças de 3 a 12 anos que se reuniam uma vez por semana em um lugar muito pequeno mas sempre que apareciam eram cuidados com muito amor e carinho. Um trabalho um pouco distante mas dentro das condições naquele momento. Um desafio pertinente, o cenário era de crianças geradas sem nenhuma referência de família, crianças usadas por seus pais no tráfico, histórias de destruição em cada uma daquelas vidas, uma cultura devastada.

"Hoje o trabalho continua no mesmo formato e sempre com a missão de transformar essas crianças em cidadãos dignos. Acima de tudo temos a missão de formar transformando o caráter e também seus princípios através do amor. Com a necessidade de expandir o projeto, encontramos em Varginha, Sul de Minas Gerais, pessoas dispostas a ajudar o próximo e com predisposição em fazer algo por quem necessita, onde então é fundada a Associação Eu Escolhi Amar, que tem seu registro efetuado no dia 28 de Junho de 2017 na cidade de Varginha/MG", completou.

A Associação Eu Escolhi Amar é uma associação sem fins econômicos, de caráter e fins: beneficente, assistência social, saúde, educacional, cultural e esportiva, com prazo de duração indeterminado.

Compartilhar no Facebook

Professores do Unis apresentam estudo sobre traços culturais do brasileiro e a resistência na implantação de sistemas de informação : 02/10/2020 14:41

Entre os dias 25 e 27 de novembro acontece a edição de 2020 dos Seminários em Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (SemeAd). Um evento científico organizado anualmente que tem um importante papel no intercâmbio e discussão da produção científico-tecnológica desenvolvidas na área de administração no Brasil e no Exterior.

Os professores do Departamento de Pesquisa do Grupo Unis Rodrigo Franklin Frogeri, Liz Áurea Prado, Fabricio Pelloso Piurcosky e Pedro dos Santos Portugal Júnior desenvolveram o artigo “Traços culturais do brasileiro e a resistência na implantação de sistemas de informação: proposta de um modelo teórico”, que foi aprovado para apresentação no SemeAd 2020.

De acordo com os pesquisadores, considerando a crescente necessidade das empresas por sistemas de informação, o elevado número de insucessos na implantação desses sistemas e as particularidades dos traços culturais do brasileiro, observa-se um cenário que suscita por uma compreensão mais profunda sobre o fenômeno da resistência à implantação de SIs, sendo definida a seguinte pergunta: como os traços culturais do brasileiro podem influenciar na resistência à implantação de SIs?

O objetivo do estudo é propor um modelo teórico que represente a influência dos traços culturais do brasileiro na resistência à implantação de SIs.

“Três traços culturais do brasileiro (personalismo, aceitar normas e regras, e evitar embates) foram observados como passíveis de influenciar negativamente em três fatores de resistência (insegurança ontológica, falta de conhecimento, e processamento seletivo). Enquanto a maioria dos traços culturais do brasileiro foram observados como elementos amplificadores dos fatores de resistência à implantação de um SI”, concluem os pesquisadores.

Compartilhar no Facebook

Itens da Cesta Básica em Varginha sobem pelo terceiro mês consecutivo : 02/10/2020 14:37

O Índice da Cesta Básica em Varginha (ICB-UNIS), calculado pelo Departamento de Pesquisa do Grupo Unis, apresentou alta de 1,56% entre os meses de setembro e outubro, sendo o terceiro mês consecutivo de elevação. Mais uma vez o óleo de soja e o arroz figuraram entre os produtos com maior elevação de preços, porém em um nível menor que no mês anterior.

A pesquisa coleta os preços de 13 produtos que compõem a cesta básica nacional de alimentos nos principais supermercados da cidade seguindo a metodologia nacional do DIEESE. Em 12 meses, de outubro de 2019 a outubro de 2020, o valor da cesta básica em Varginha teve um aumento de 23,15%. No acumulado deste ano de 2020 há uma elevação de 5,58%.

A pesquisa verificou que neste mês de outubro o valor médio da cesta básica nacional de alimentos para o sustento de uma pessoa adulta na cidade de Varginha é de R$430,99, o que corresponde a 44,83% do salário mínimo líquido. Dessa forma, o trabalhador que recebe um salário mínimo mensal precisa trabalhar 90 horas e 44 minutos no mês para adquirir essa cesta.

Entre os meses de setembro e outubro de 2020, dos 13 produtos componentes da cesta básica pesquisada em Varginha, oito tiveram alta nos preços médios, são eles: banana, óleo de soja, arroz, feijão carioquinha, café em pó, manteiga, carne bovina e leite integral. Cinco produtos tiveram queda em seus preços médios, são eles: batata, farinha de trigo, pão francês, tomate e açúcar refinado.

“É perceptível que continuamos com variações bem atípicas nos preços de alguns produtos devido a movimentos fortes de oferta e demanda, especialmente externa em virtude da taxa de câmbio desvalorizada que incentiva as exportações. Como indicado no relatório do Índice da Cesta Básica em setembro, para alguns produtos era esperada uma queda neste mês de outubro, caso da batata e do tomate. No entanto, o arroz e o óleo de soja ainda continuaram com elevações nos preços médios. É provável que estes produtos ainda passem primeiramente por uma estabilização dos preços, para depois apresentarem quedas mais consideráveis”, concluiu o responsável pela pesquisa, Prof. Dr. Pedro dos Santos Portugal Júnior.

Compartilhar no Facebook

Dia Internacional da Música é celebrado em 1º de outubro; Varginha tem grande repertório musical de artistas locais e conta com conservatório estadual : 01/10/2020 14:58

No dia 1º de outubro é celebrado o dia internacional da música. A data foi instituída em 1975, pelo International Music Council, organização não governamental com apoio da UNESCO - Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, que tem o objetivo de levar música a todos, promovendo a paz e a amizade.

O dia é para celebrar, mas também para parabenizar todos os músicos que trabalham para transmitir boas mensagens através de suas composições. Em tempos de pandemia, a música é uma aliada fundamental para o enfrentamento ao isolamento social e para isso, músicos de todos os gêneros realizam lives, uma forma de se aproximar do público.

Segundo o professor Francis Vilela Rezende Souza (40), que ministra aulas de piano a 22 anos, ter um dia de conscientização é importante, já que a música traz muitos benefícios à vida. Para ele, a relação de ritmo, melodia e harmonia pode somar valores, como: sensibilização, empatia e respeito.

“O dia da música é uma conscientização da arte, da manifestação cultural que vai deixar um legado muito importante para as gerações futuras e a conscientização do profissional, que como todo profissional, precisa ser valorizado. Acho que todo mundo deveria ser compensado igual”, disse o professor.

Conservatório Estadual de Música de Varginha (MG)

Na história da cidade, há grandes nomes da música que nasceram ou fizeram parte da carreira no município, alguns deles foram alunos do CEMVA - Conservatório Estadual de Música Maestro Marciliano Braga, que faz parte da rede estadual de ensino. Hoje, o conservatório atende cerca de 2500 alunos, oferecendo aulas gratuitas de instrumentos musicais, canto e artes cênicas. Por causa da pandemia, as aulas passaram a ser online.

Para Igor Becati, de 21 anos, que foi aluno de teatro e piano no conservatório, a música ajuda a desenvolver as funções cognitivas do cérebro e a prática musical contribuiu para que ele soubesse lidar com a ansiedade. Hoje, Igor é regularmente convidado pelos professores para participar das aulas de piano, contribuindo com experiência e conhecimentos para os alunos.

“Um dos valores que me agregou foi a disciplina. Eu era muito ansioso, mas ao estudar o toque de cada nota, me preparar para os concursos tirou isso de mim. Outra coisa boa disso tudo, foi que eu melhorei muito meus estudos na escola regular”, disse o estudante

Quinta da Boa Música

Varginha também conta com bons festivais musicais e um deles é o projeto Quinta da Boa Música, criado em 2009, com o objetivo de incentivar artistas da região. As apresentações são às quintas-feiras às 20h, tradicionalmente realizadas na antiga estação ferroviária, mas que passaram a ser realizadas em lives, na página do projeto.

Uma ótima oportunidade que a Fundação Cultural de Varginha oferece para os músicos, que podem apresentar repertório próprio, levando entretenimento gratuito para o público. Segundo Felipe Sanches, guitarrista de 20 anos, o evento conta com uma diversidade cultural bem rica, que agrega positivamente para todos os que participam.

“Eu acho que o principal ganho que o projeto traz pra gente é o fato dessa troca cultural que ocorre. Além de ser um projeto que traz uma visibilidade pra quem tá ali se apresentando", disse o guitarrista que já se apresentou no festival.

A música nas comunidades

Há gêneros e estilos para cada gosto e personalidade. Nas comunidades, funk e rap são os mais presentes e têm a missão de relatar a realidade das pessoas, além de manifestar em letras e batidas, os sonhos, desejos, realizações e apelos ao governo.

Mattheus Carvalho, o ‘Rizzo’, como é popularmente conhecido, sempre viveu no bairro Imaculada, em Varginha, e hoje, aos 23 anos, relata nas letras das músicas a união dos moradores e a força de vontade em buscar melhorias para a família, sem se esquecer de onde veio. O canal do cantor no Youtube tem mais de 20 milhões de visualizações.

“O rap e o funk são literalmente a voz da favela, a única maneira com que esses jovens desfavorecidos têm para conseguir chegar aos ouvidos de quem não vive essa realidade. Sem mencionar quantos movimentos surgiram através dessas duas culturas, inclusive por suas vertentes, que dão lugar a dança, e a arte em si”, disse o cantor.

Compartilhar no Facebook

Novidades no mercado financeiro trarão facilidades para a população de Varginha : 01/10/2020 14:42

Duas grandes novidades no mercado financeiro chegarão em breve a Varginha e trarão mudanças significativas no dia-a-dia da população. O PIX e o Whatsapp Pay devem consolidar a tendência de digitalização dos pagamentos, impulsionada pela necessidade de formas mais higiênicas do que as notas e os cartões e pelo crescimento do comércio online.

O PIX é um sistema criado pelo Banco Central e será obrigatoriamente adotado por todas as instituições financeiras brasileiras que possuem mais de 500 mil clientes. Sua função é parecida com a dos sistemas TED e DOC, para realização de transferências bancárias. Mas, ao contrário desses outros dois métodos, o PIX não possui limitações de horário e será gratuito. Assim, será possível realizar transferências imediatas, até mesmo nos finais de semana e nas madrugadas, sem pagar nenhuma taxa.

As transferências do PIX não exigirão tantos dados como as do DOC ou TED. Os usuários poderão criar uma chave, que pode ser o e-mail, o celular ou o CPF, e bastará este código para o envio do dinheiro. Também será possível realizar pagamentos através de um QR Code. O serviço começará a funcionar no dia 3 de novembro.

Já o Whatsapp Pay é um lançamento do aplicativo de conversas, que permitirá o envio de dinheiro dentro do próprio app, através de parcerias com as instituições financeiras. Com ele, os usuários poderão enviar dinheiro dentro das conversas do Whatsapp, com os valores sendo descontados ou creditados nas contas que estão atreladas aos cartões cadastrados.

O lançamento do Whatsapp Pay exigiu um longo processo de aprovações e regulamentações no mercado brasileiro. Atualmente, a funcionalidade já está disponível para os clientes do Banco do Brasil, Nubank, Sicredi e Woop.

Estes lançamentos chegam em um momento em que a população brasileira está cada vez mais acostumada com as transações financeiras virtuais. Segundo um levantamento do portal TECHREVIEWS, o número de buscas na internet por contas digitais explodiu durante a pandemia. O ápice foi no início de abril, período em que a procura pelas contas online foi quase 50 vezes maior do que no começo de fevereiro. Para os especialistas do site, isso se deve às preocupações atreladas às agências físicas, como as filas e aglomerações.

Como essas mudanças trazem facilidades para os usuários, o comércio deverá se adaptar rapidamente. A expectativa é que as vendas em dinheiro e nas máquinas de cartão sofram uma queda, na medida em que o PIX e o Whatsapp Pay caírem no gosto da população.

O comércio online também poderá ser beneficiado, pois ambos os métodos permitem as compras virtuais no débito, de modo instantâneo, sem depender do tempo de espera na compensação dos boletos ou da disponibilidade de um cartão de crédito.

Compartilhar no Facebook

Zema reafirma apoio à cota 762 para o Lago de Furnas : 01/10/2020 14:38

O governador Romeu Zema reafirmou nesta quarta-feira (30/09), durante visita a Formiga, que está em interlocução com o governo federal em defesa da adoção de uma cota mínima para o Lago de Furnas que garanta as atividades turísticas e econômicas no reservatório.

“Conversei ontem com o ministro Bento Albuquerque, de Minas e Energia, que me disse estar acompanhando de perto essa situação. Fiz o convite para visitarmos a região e ele ver de perto hotéis que ficaram a 500 metros da lâmina d´água e que foram prejudicados”, afirmou o governador.

De acordo com Zema, a ANA (Agência Nacional de Águas) e o ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico), que regulam o fluxo de geração de energia elétrica e também o nível das represas, se comprometeram a implementar um plano de recuperação do reservatório.

“Sabemos que nos últimos meses houve uma melhora, mas essa melhoria deve se manter por mais tempo, até que a represa alcance o patamar desejado. Vale lembrar que toda essa situação depende de questões climáticas, que fogem ao controle de qualquer um. Mas aquilo que está ao meu alcance está sendo feito. Meu diálogo com Brasília, que tem o controle do nível da represa, tem sido constante”, disse o governador.

Cota mínima

O nível atual de Furnas está em 759,24 metros acima do nível do mar. O esforço é para que seja estabelecida uma cota mínima de 762 metros para a represa, nível considerado suficiente para o uso múltiplo de água, atendendo os municípios banhados pelo lago com a manutenção de atividades econômicas voltadas ao turismo, piscicultura e agropecuária.

No dia 24 de setembro, aconteceu a 4ª reunião sobre as condições de operação da Usina Hidroelétrica de Energia (UHE) Furnas e UHE Mascarenhas de Moraes (Peixoto), promovida pela Agência Nacional de Águas.

Foram apresentadas propostas para preencher o reservatório. Participaram da reunião virtual representantes do Ministério de Minas e Energia e do Turismo; NOS; Alago; Movimento Pró-Furnas 762, comitês de bacias e parlamentares mineiros.

O ONS apresentou a primeira proposta para a regra de transição, que inclui a adoção da vazão defluente máxima média mensal de 600 m³ por segundo, em novembro; manutenção da vazão defluente máxima média mensal de 500 m³ por segundo entre os meses de dezembro de 2020 e abril de 2021.

Compartilhar no Facebook

Varginha fecha agosto com saldo positivo na geração de empregos, diz Caged : 01/10/2020 14:36

De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério da Economia, divulgados nesta quarta-feira (30), Varginha fechou o mês de agosto com saldo positivo na geração de empregos com carteira assinada. Foram 1626 admissões e 1062 demissões, gerando o saldo positivo de 564 vagas.

É o terceiro mês consecutivo que a cidade fica com saldo positivo, após junho ter tido 1027 contratações contra 992 demissões, um saldo de 35 vagas, e julho apontar 1009 contratações e 998 demissões, gerando saldo de 11 vagas.

O setor que mais contribuiu para o saldo positivo em agosto foi o de Serviços, com saldo de 383 vagas, seguido pelo de Comércio com 73 vagas. Em terceiro aparece o setor de Indústria, que atingiu saldo de 56, seguido por Construção com 27 vagas. Já o setor de Agropecuária fechou o mês com saldo de 25.

Mesmo com o saldo positivo em agosto, no acumulado do ano, a cidade segue com saldo negativo de -970, terceira pior marca da região, atrás apenas de Poços de Caldas com -4389 e Lavras com -974.

Entre as dez maiores da região, foram geradas em junho, segundo o Caged, 5.791 empregos, enquanto em julho foram 6.519. Já em agosto, o número de admissões nessas dez cidades foi de 8.146, um bom crescimento em meio a pandemia do Coronavírus.

Na região, além de Varginha, Três Pontas (292), São Sebastião do Paraíso (145), Pouso Alegre (346), Poços de Caldas (207), Três Corações (31) e Passos (73) fecharam o mês de agosto com saldo positivo. Entretanto, Passos e Três Pontas são as únicas entre as 10 maiores do Sul de Minas que possuem saldo positivo no ano, 199 e 84, respectivamente.

Entre as que encerraram o mês no vermelho, Alfenas fechou 681 vagas em julho, com 624 admissões, saldo de -57. Itajubá apareceu com 446 demissões e 394 admissões, gerando saldo de -52. Em seguida Lavras, que teve 493 demissões e 442 admissões, com saldo de -51.

As 6 cidades da região com os piores resultados em 2020:

- Poços de Caldas: -4389

- Lavras: -974

- Varginha: -970

- Pouso Alegre: -934

- Itajubá: -895

- Três Corações: -580


País

O número de empregos formais criados no Brasil em agosto superou as demissões em 249.388 postos. O resultado representa a diferença entre as 1.239.478 admissões e os 990.090 desligamentos nas empresas do país no mês passado. No geral, o Brasil tem agora 37,9 milhões de vagas com carteira assinada.

Trata-se do melhor resultado para meses de agosto desde 2010, quando foram abertos 299.415 postos com carteira assinada no Brasil. Em 2019, o mês de agosto foi responsável pela abertura de 121.387 cargos formais.

O saldo positivo do mercado surge no momento em que o desemprego atinge o maior patamar desde o início da série histórica, iniciada em 2012, com 13,1 milhões desocupadas, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Compartilhar no Facebook

Varginha tem 399 candidatos a vereador e 7 para prefeito nas eleições deste ano : 30/09/2020 14:31

O número de candidaturas à Câmara Municipal oficializadas neste ano supera todos os pleitos anteriores em Varginha. O número de concorrentes é o maior desde o pleito de 1996, primeiro ano disponível na base de dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Segundo a plataforma do TSE, até esta terça-feira (29), Minas Gerais conta com 2.761 candidatos à prefeito e 74.624 candidatos a vereador. Em Varginha, dos sete candidatos à Prefeitura, apenas uma é mulher; a cidade volta a ter uma candidata mulher à prefeitura após 16 anos.

Sobre os que vão concorrer aos cargos à Câmara Municipal, Varginha conta com 399 nomes cadastrados até o momento. Confira o número de candidatos por partido:

Avante (23 candidatos); Cidadania (23 candidatos); DEM (13 candidatos); MDB (13 candidatos); Patriota (9 candidatos); PCdoB (9 candidatos); PL (18 candidatos); PMN (23 candidatos); Podemos (23 candidatos); PP (23 candidatos); PROS (20 candidatos); PRTB (8 candidatos); PSB (20 candidatos); PSC (23 candidatos); PSD (11 candidatos); PSDB (14 candidatos); PSL (20 candidatos); PSOL (9 candidatos); PTB (23 candidatos); PV (22 candidatos); REDE (8 candidatos); Republicanos (21 candidatos) e Solidariedade (23 candidatos)

Compartilhar no Facebook

Construção de novos abrigos no Ponto Central está em fase final : 30/09/2020 14:27

Segundo informações do supervisor da Divisão de Transporte Público da Prefeitura de Varginha, Gledston Cardoso, a reforma do Ponto Central na Avenida Getúlio Vargas entrou na etapa final.

Novos abrigos de passageiros estão sendo construídos, confeccionados com estrutura em aço, cobertura em policarbonato, fechamento com vidro temperado e piso e bancos em granito. As obras contemplam ainda a execução de calçadas acessíveis e a revitalização do entorno da Praça Getúlio Vargas, no centro da cidade.

"O novo abrigo é construído com cobertura em policarbonato ACM especial e autolavável, piso antiderrapante em granito, extensão de 120m, fechamento de vidro laminado e estrutura metálica com pintura automotiva vai oferecer acessibilidade, mais segurança com o distanciamento dos bancos em granito, local específico para o embarque e desembarque", afirmou o supervisor.

Compartilhar no Facebook

Corpo de Bombeiros combate focos de queimada em Varginha : 30/09/2020 14:22

Desde a noite desta terça-feira (29) o Corpo de Bombeiros de Varginha combate focos de queimadas na cidade. Foram registradas queimadas às margens da MG-167 entre Varginha e Três Pontas e na MGC-491 sentido Elói Mendes, próximo ao Unis.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, mais de 30 mil litros de água foram usados no combate às chamas mais próximas da rodovia. Já nas chamas mais distantes, foi usado abafadores. Não houve feridos.

O clarão das chamas era visto a quilômetros de distância. O fogo que começou na rodovia se alastrou e chegou próximo ao bairro Alta Vila. A fumaça resultado da queimada podia ser vista de vários pontos da cidade.

Compartilhar no Facebook

Universidade argentina e Unis realizarão XVIII Congresso Internacional de Inovação em Tecnologia da Informação : 29/09/2020 14:50

No dia 1º de outubro a Universidad Abierta Interamericana (UAI), parceira argentina do Grupo Unis, realizará o XVIII Congresso Internacional de Inovação em Tecnologia da Informação. A edição deste ano acontece virtualmente.

O CIITI é um evento anual que acontece desde 2003 e tem como missão colocar o conhecimento à serviço da busca de soluções para problemas e potencializar a disseminação da inovação e a capacidade de promover criação para gerar conhecimentos significativos.

O evento é organizado em cinco blocos: Empreendedorismo e Gestão em Empresas de Tecnologia da Informação; Robótica Aplicada; Dinâmica Social; Cibercultura; e Arquiteturas e Desenvolvimentos Tecnológicos Inovadores.

Para se inscrever e acessar mais informações sobre o Congresso acesse: https://uai.edu.ar/ciiti/default.asp

Compartilhar no Facebook

CEFET de Varginha está entre 20 melhores escolas públicas do Brasil : 25/09/2020 14:40

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou os resultados da edição 2019 do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Em uma escala de 0 a 10, são avaliadas taxas de aprovação dos estudantes e notas em português e matemática de alunos da educação fundamental e média no Brasil. O CEFET-MG aparece em destaque entre as escolas públicas brasileiras: o campus Varginha ocupa a 10ª posição e o campus Divinópolis, a 16º.

A meta para o ensino médio esperada em 2019 era 5, entretanto, a nota foi 4,2. Compõem a avaliação escolas públicas (municipal, estadual e federal) e escolas particulares. Nas escolas públicas, o Ideb do Ensino Médio foi de 3,9; nas particulares, a média foi de 6,0. O CEFET-MG pontuou 7,1 no campus Varginha e 6,9 no campus Divinópolis.

Para o diretor do campus Varginha, professor Paulo Mappa, o resultado positivo mostra que é possível oferecer à sociedade um ensino público de qualidade, abrindo o diálogo constantemente com os estudantes e integrando os servidores (docentes e técnicos administrativos). "Esse dado reflete a procura coletiva por um ambiente propício ao ensino e à aprendizagem, que passa pelo acompanhamento das necessidades do discente e dos servidores", pontua.

O diretor do campus Divinópolis, professor Emerson Costa, acredita que o comprometimento dos alunos e o esforço dos servidores para a permanência dos estudantes na Instituição ajudam a explicar o bom desempenho no Ideb, que sinaliza um caminho para a educação pública.

"Este resultado demonstra a importância de se investir na ampliação do ensino público, gratuito e de qualidade para a população, no intuito de melhorar a qualidade da educação oferecida. Este é o caminho para alcançarmos os índices obtidos pelas escolas dos países desenvolvidos", completa.

Segundo o diretor de Educação Profissional e Tecnológica do CEFET-MG, professor Sérgio Gomide, fatores como gestão escolar, qualidade do corpo docente, formação consistente dos alunos e ações articuladas entre ensino, pesquisa e extensão resultaram no bom desempenho, embora a nota da avaliação não possa ser considerada isoladamente.

"É sempre importante lembrar que os índices aferidos no Ideb, apesar de sua importância fundamental para orientar políticas públicas mais amplas,
são ainda pouco abrangentes, quando temos em vista que o objetivo primordial do ensino ofertado pelo CEFET-MG é promover a construção de conhecimentos científicos, tecnológicos e humanísticos orientados para o pleno exercício da cidadania, o que implica considerar sempre a multiplicidade de variáveis de cada localidade onde atuamos, de cada curso e, por fim, de cada aluno, que é sempre um sujeito único", completa.

Perfil do Ensino Médio no Brasil

Segundo o Inep, o Ensino Médio integra 7,5 milhões de alunos em todo o Brasil, matriculados em 28,8 mil escolas. Com 6,3 milhões de estudantes, a rede estadual tem participação de 83,9% das matrículas e concentra 95,9% dos alunos da rede pública.

No nível médio, 1,3 milhão de alunos (17,8%) estudam no período noturno e 934 mil (12,5%) frequentam escolas da rede privada.

Ideb

O levantamento, feito pelo Inep, busca monitorar o desempenho da educação no Brasil. A cada dois anos, os estudantes do 5º e do 9º ano do ensino fundamental e da 3ª série do ensino médio são avaliados pelo Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) em Leitura e Matemática. Os dados de fluxo escolar (indicador taxa de aprovação) são verificados a partir do Censo Escolar, realizado anualmente. Ambos os índices compõem as notas do Ideb.

Compartilhar no Facebook

Plataforma online para a aprovação de projetos passa a funcionar no site da Prefeitura : 25/09/2020 14:35

Seguindo o processo de digitalização, utilizado por grandes repartições públicas e privadas do país, a Secretaria Municipal de Planejamento de Varginha, implanta nesta sexta-feira (25), uma plataforma especial para o licenciamento de obras, cujo endereço estará disponível no site da prefeitura.

“Trata-se de uma iniciativa que vai permitir a transparência e agilidade, sobretudo aos projetos de construção civil que envolvam novas obras ou eventuais adequações”, informou a Prefeitura.

Workshop

Arquitetos, engenheiros e pessoas ligadas ao ramo poderão participar de um workshop em formato de live, promovido pela empresa Aprova Digital que vai ocorrer também nesta sexta-feira (25), às 10h30, via YouTube.

“É muito importante a participação de profissionais da área, pois a live servirá como treinamento de acesso a plataforma. Todos estão convidados. Para participar, basta acessar o link que estará disponível no site da Prefeitura”, completou.

Compartilhar no Facebook

Recurso destinado pelo MPT é aplicado na compra de EPIs no Hospital Bom Pastor : 25/09/2020 14:32

O Hospital Municipal Bom Pastor passou a contar com novos equipamentos de proteção individual (EPIs) para utilização por profissionais da saúde. A aquisição de máscaras e aventais descartáveis foi viabilizada pela unidade do Ministério Público do Trabalho (MPT), que destinou R$ 134.556,73 à unidade entre abril e junho de 2020 para ações de enfrentamento à pandemia da Covid-19.

“O recurso revertido para o hospital decorreu de acordo celebrado em inquérito civil, no bojo do qual se apurou o descumprimento de cláusulas de Termo de Ajuste de Conduta celebrado pela empresa Electro Plastic”, explica a procuradora do Trabalho que propôs a destinação, Melina de Sousa Fiorini.

A diretora-geral da unidade de saúde, Maria Aparecida Gonçalves, informou que todo o recurso foi aplicado na aquisição de EPIs.

“A disponibilização destas doações colaborou com a continuidade das atividades da instituição, e contribuiu para a busca constante de atingirmos nossa missão que é atuar com excelência na assistência à saúde, promovendo o cuidado hospitalar com humanização, segurança e tecnologia”, ressaltou.

O Hospital Bom Pastor recebe pacientes de uma região que abrange 105 municípios, sendo que 53 cidades estão referenciadas para o atendimento em oncologia.

Compartilhar no Facebook

Live em homenagem aos 11 anos do projeto 5ª da Boa Música está disponível no YouTube : 24/09/2020 15:12

O projeto 5ª da Boa Música comemorou 11 anos de história neste mês de setembro. Para marcar a data, a Fundação Cultural realizou uma live com três shows de artistas varginhenses com transmissão pelas redes sociais.

O flautista Alexandre Braga, da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, também se apresentou com o amigo Dinho Batistão, no dia 11 de agosto no Museu Municipal, para homenagear o projeto. Eles apresentaram músicas do tempo das serestas, das valsas e dos saraus.

"É muito interessante lembrar nesta live, naquela época em que as famílias se encontravam nos alpendres, nas varandas, que se encontravam para ouvir rádio, esperando chegar aqueles programas de rádio, aquelas músicas de rádio", afirmou Alexandre Braga.

"Fica um conselho também pra você estudante de música, estudante de flauta, de algum instrumento melódico. Toque estas músicas que estão no repertório dessa live, são músicas bonitas, fáceis de tocar e que levam a nossa identidade, nosso caráter brasileiro musical. Junta ai com um amigo, que toca violão, que toca piano, que lê cifra e vamos montar um pouquinho desse repertório dessas lindas músicas", enfatizou o flautista.

“O projeto 5ª da Boa Música é único no país. São 11 anos em que a Prefeitura de Varginha, por meio da Fundação Cultural, pôde proporcionar aos músicos varginhenses e de toda região um espaço para se apresentar, onde muitas bandas foram reveladas e hoje são um grande sucesso. Além disso, proporciona lazer e entretenimento à população todas as quintas-feiras”, destaca Lindon Lopes, diretor-superintendente da Fundação Cultural.

Lindon ressalta ainda que, mesmo com a pandemia, o projeto continuou e teve que se reinventar por meio das lives. “Estamos estruturando as lives para proporcionar um espaço adequado para as apresentações. Já tivemos shows com mais de 50 mil visualizações no Facebook, o que nos mostra que estamos no caminho correto”, diz o diretor-superintendente da Fundação.

Compartilhar no Facebook

Plataforma do Plano de Desenvolvimento Econômico de Varginha é lançada : 24/09/2020 15:07

O Grupo Unis em iniciativa conjunta com o Conselho Empresarial do Sul de Minas e o Cesul Lab, iniciou um Plano de Desenvolvimento Econômico de Varginha, que tem o objetivo de criar colaborativamente propostas para o desenvolvimento da cidade.

E na semana passada, durante a reunião do CESUL, a plataforma do PDEV foi apresentada ao público com a seguinte estrutura:

- Cadernos temáticos em PDF e vídeos dos debates com especialistas;

- Indicadores: dashboards com os mais de 40 indicadores separados pelas 10 áreas temáticas;

- PDEV: Plano completo em pdf para baixar e acompanhar;

- Institucional: explica o surgimento, missão, objetivos e o modelo do PDEV;

- Contato: área de interação com a comunidade que pode deixar suas mensagens, demandas e sugestões.

“A plataforma é uma ferramenta para inteirar a comunidade sobre a situação das cidades e fiscalizar o trabalho da gestão municipal”, comentou Guilherme Vivaldi, um dos organizadores do projeto, aluno do Mestrado em Gestão e Desenvolvimento Regional, e professor do Grupo Unis. A plataforma será atualizada à medida que saírem novos dados dos indicadores que constam no Plano.

Nas próximas semanas os sete candidatos à prefeitura de Varginha nas eleições municipais de 2020, serão convidados para conhecerem o PDEV e serem entrevistados junto ao CESUL. A ideia é comparar os planos de governo destes candidatos com o Plano e firmar compromissos de um desenvolvimento conjunto da cidade.

Para acessar a plataforma do PDEV: https://pdevarginha.unis.edu.br/

Compartilhar no Facebook

Cartórios da região estão conveniados para atendimento de serviços relativos a CPF : 24/09/2020 15:03

A Receita Federal informou na manhã desta quinta-feira, que firmou convênio com diversos Cartórios de Registro Civil das Pessoas Naturais na região de Varginha para atendimentos relativos ao CPF.

Os cartórios podem efetuar atendimentos relativos à inscrição, alteração, regularização e 2ª via de CPF, tornando-se mais uma opção de atendimento para os contribuintes das cidades listadas abaixo.

"Lembramos que além dos cartórios, a Receita Federal possui convênio com os Correios, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Uai para atendimento de CPF", afirmou a Receita.

Cartórios Conveniados na região

Aguanil

Albertina

Alfenas - Distrito de Barranco Alto

Alpinópolis

Alterosa

Alterosa - Distrito de Divino Espírito Santo

Borda da Mata - Cartório do Registro Civil das Pessoas Naturais

Brasopolis

Brasopolis - Distrito de Luminosa

Cachoeira de Minas

Cambuquira

Campanha

Campestre

Campo Belo

Campo do Meio

Campos Gerais

Campos Gerais - Distrito Córrego do Ouro

Candeias

Capetinga

Capetinga - Distrito de Goianazes

Carmópolis de Minas

Carrancas

Carvalhópolis

Cassia

Caxambu

Conceição da Aparecida

Conceição das Pedras

Conceição do Rio Verde - Oficio do Registro Civil das Pessoas Naturais

Conceição dos Ouros

Delfim Moreira

Delfinópolis - Distrito de Babilônia

Elói Mendes

Fama - Cartório do Registro Civil das Pessoas Naturais e Tabelionato de Notas

Guapé - Cartorio do Registro Civil Daspessoas Naturais

Guaranésia - Cartório do Registro Civil das Pessoas Naturais

Guaranésia -Distrito Santa Cruz do Prata

Guaxupé - Serviço Registral das Pessoas Naturais

Ibiraci - Ofício do Registro Civil das Pessoas Naturais

Ibitiúra de Minas - Cartorio de Registro Civil e Notas

Ijaci - Ofício de Registro Civil e Notas

Ilicínea - Oficio do Registro Civil e Tabelionato de Ilicinea

Ipuiúna

Itajuba - Cartório de Registro Civil - 1º Subdistrito

Itamogi - Cartório Registro Civil das Pessoas Naturais

Itapeva - Cartório de Registro Civil das Pessoas Naturais e Notas

Jacutinga - Registro Civil das Pessoas Naturais

Machado - Ofício do Registro Civil das Pessoas Naturais

Maria da Fé - Ofício do Registro Civil e Tabelionato de Notas

Marmelópolis - Registro Civil e Tabelinato de Notas

Monsenhor Paulo - Cartório do Registro Civil e Tabelionato de Monsenhor Paulo

Monte Belo - Oficio do Registro Civil e Tabelionato de Notas de Santa Cruz de Aparecida

Monte Santo de Minas - Distrito de Milagre

Monte Santo de Minas - Sede

Monte Sião - Registro Civil das Pessoas Naturais de Monte Sião - Mg

Muzambinho

Natércia - Oficio do Registro Civil das Pessoas Naturais

Ouro Fino - Cartório de Registro Civil das Pessoas Naturais

Ouro Fino - Ofício do Registro Civil e Tabelionato

Paraisópolis - Sede

Passa Quatro

Passa Quatro - Cartório Mãe Maria - Oficio de Registro Civil e Tabelionato de Notas

Passa Quatro - Distrito Pinheirinhos

Pedralva

Cartório de Registro Civil e Notas do Distrito de Paiolinho

Poço Fundo - Sede

Poços de Caldas

Santa Rita de Caldas

Santa Rita do Sapucaí

Santana da Vargem

Santo Antônio do Amparo

Santo Antônio do Amparo - Distrito de São Sebastião da Estrela

São Gonçalo do Sapucaí

São Sebastião da Bela Vista

São Tomás de Aquino

Seritinga

Serranos

Toledo

Três Corações

Varginha

Compartilhar no Facebook

Varginha ainda não adquiriu os itens da cesta básica para alunos da rede municipal : 24/09/2020 15:01

A Secretaria Municipal de Educação esclareceu, por meio de nota, que Varginha ainda não adquiriu os itens da cesta básica para que se faça nova distribuição na cidade.

Segundo a nota, a ação será realizada com o fim de atender à totalidade dos alunos da Rede Municipal de Ensino, não apenas àqueles beneficiários do “Programa Bolsa Família”.

A Secretaria ainda comunicou que "está realizando todos os procedimentos legais cabíveis para dar celeridade à questão, face à premente necessidade dos estudantes, inclusive dando ciência ao órgão do Ministério Público e aos demais órgãos competentes, o que é necessário face ao ano eleitoral, sendo que, após os trâmites exigidos pela Lei, informará aos pais ou responsáveis pelos alunos da Rede Pública Municipal que tiverem direito ao recebimento da cesta básica, quais as providências necessárias para tal recebimento", enfatizou.

Compartilhar no Facebook

Prefeitura anuncia que não tem previsão para retorno de aulas presenciais : 24/09/2020 14:57

O Governo de Minas Gerais definiu nesta quarta-feira (23), que o retorno das atividades presenciais em escolas pode acontecer a partir do dia 5 de outubro, em várias cidades. Entretanto, após questionamentos, a Prefeitura de Varginha emitiu nota nesta quinta-feira (24), afirmando que as aulas continuam suspensas na cidade e sem previsão de retorno.

Em nota, a Prefeitura explicou que "não há data estabelecida ou autorizada para o retorno das aulas presenciais, seja na Educação Básica (Infantil, Fundamental e Média) ou na Superior (Graduação)".

De acordo com a decisão do Governo, seguindo rígidas regras e protocolos sanitários, as escolas públicas e privadas poderão retornar às atividades presenciais apenas nas regiões inseridas na onda verde do plano Minas Consciente. Já o ensino superior poderá voltar às aulas presenciais nas regiões contempladas na onda amarela do plano, sendo que faculdades poderão retornar às atividades presenciais já na próxima semana.

Entretanto, Varginha não aderiu ao “Programa Minas Consciente”, implantado pelo Governo do Estado. A Prefeitura informou que "entendeu e entende que a gestão das medidas de combate e prevenção ao Coronavírus devem seguir critérios de interesse local, não aqueles estabelecidos para macrorregiões do Estado, que diferem de Varginha em todos os sentidos e são prejudiciais aos interesses do povo varginhense", completou.

Escolas e universidades de Varginha estão com aulas presenciais suspensas desde março, quando a cidade ainda estava monitorando os primeiros 10 casos suspeitos de Covid-19.

Ainda de acordo com a nota, "qualquer decisão inerente a um eventual retorno das aulas, passará, antes, por criteriosa e rigorosa análise por parte das autoridades sanitárias locais, juntamente com a equipe da Educação, além de análise jurídica própria", completou.

Confira nota completa da Prefeitura

No dia de ontem (quarta-feira, 23/9/2020), o Governo do Estado de Minas Gerais divulgou que “as cidades das macrorregiões em onda verde do plano Minas Consciente poderão reabrir suas escolas a partir de 5 de outubro”. Sobre tal informação, que provocou inúmeras dúvidas na população, a Prefeitura Municipal de Varginha esclarece:

(1) No Município de Varginha não há data estabelecida ou autorizada para o retorno das aulas presenciais, seja na Educação Básica (Infantil, Fundamental e Média) ou na Superior (Graduação).

(2) Varginha não aderiu ao “Programa Minas Consciente”, implantado pelo Governo do Estado, uma vez que entendeu e entende que a gestão das medidas de combate e prevenção ao Coronavírus devem seguir critérios de interesse local, não aqueles estabelecidos para macrorregiões do Estado, que diferem de Varginha em todos os sentidos e são prejudiciais aos interesses do povo varginhense.

(3) O Município não está obrigado a seguir as deliberações do Governo do Estado, conforme estabelece a Constituição Federal, já que é Ente Federativo autônomo, questão já decidida e sedimentada pelo Supremo Tribunal Federal.

(4) Em razão da autonomia municipal, compete ao Município estabelecer seus protocolos com base em critérios sanitários próprios voltados à realidade local.

(5) Qualquer decisão inerente a um eventual retorno das aulas, passará, antes, por criteriosa e rigorosa análise por parte das autoridades sanitárias locais, juntamente com a equipe da Educação, além de análise jurídica própria.

(6) Após a conclusão de tal análise e finalização de protocolos sanitários próprios, a questão será apresentada ao “Gabinete Especial de Combate à Crise Causada pelo Coronavírus”, órgão multisetorial que atua com o fim de auxiliar as decisões a serem tomadas pelo Prefeito Municipal, com a edição posterior de Decretos específicos.

(7) Portanto, até que haja o entendimento do Município, escorado nas diversas situações acima enumeradas, de que haverá segurança sanitária para professores, auxiliares de educação, alunos, e familiares, e que não haja risco de aumento exponencial nos contágios pelo Coronavírus, as aulas presenciais, seja na rede pública, seja na rede privada, municipal, estadual e federal, permanecerão suspensas em Varginha.

PREFEITURA MUNICIPAL DE VARGINHA

Compartilhar no Facebook

"Já sentimos uma pequena melhora neste final de semana", afirma Sindicato de Bares e Restaurantes sobre flexibilização : 23/09/2020 14:59

A Prefeitura de Varginha publicou na última sexta-feira (18) um novo decreto flexibilizando e liberando o funcionamento de algumas atividades na cidade. A decisão aconteceu após reunião com autoridades, membros da Secretaria Municipal de Saúde e representantes de vários setores envolvidos no decreto.

Entre os principais pontos apresentados estão a flexibilização no setor de bares e restaurantes, que vinha sendo cobrado por empresários do ramo, a ampliação do horário do Via Café Garden Shopping e a reabertura dos parques municipais, zoológico, museu e biblioteca.

Melhora apontada

O setor de alimentação fora do lar tem sofrido amargamente durante a pandemia. Com a flexibilização do setor, os empresários e associados do Sindicato Empresarial de Hospedagem e Alimentação de Varginha - SEHAV, comemoram a nova fase que poderá dar a capacidade de aumentar o atendimento.

"Com isso, será possível salvar o faturamento do segundo semestre, reduzindo o fechamento de empresas e demissões. Já sentimos uma pequena melhora neste final de semana, principalmente no processo de atendimento e operacional. No caso do self-service diminuiu o tempo na fila de espera para poder servir e nos restaurantes noturnos a flexibilização do horário trouxe mais oportunidades para atender o público", afirmou André Yuki, presidente do Sindicato, em entrevista esclusiva ao Varginha Online.

Os estabelecimentos deverão continuam disponibilizando as regras de funcionamento para clientes e adotando as medidas de acordo com protocolos da Vigilância Sanitária, que podem ser encontrados no site da Prefeitura Municipal.

"Destaco ainda da necessidade de manter as medidas de segurança para que possamos continuar as atividades e poder solicitar novas flexibilizações até que tudo volte a sua normalidade, o setor de entretenimentos noturnos e eventos ainda carecem de uma medida de reabertura. Agradeço a minha diretoria, empresários, parceiros e Prefeitura Municipal pelo apoio ao setor", completou André.

O novo decreto prorrogou ainda o Estado de Emergência na cidade até o dia 31 de dezembro de 2020.

O que dizem os empresários

Após a flexibilização, os bares, restaurantes e lanchonetes poderão funcionar entre 6h e 23h59, seguindo os protocolos da Vigilância Sanitária. Apenas está proibida a venda de bebidas alcóolicas entre 00h e 06h.

Alguns empresários enxergaram melhoras no atendimento e nas vendas, enquanto outros não sentiram tanto impacto. O Varginha Online conversou com alguns donos de estabelecimentos da cidade, confira:

"Na parte operacional foi um grande avanço. Grande parte dos clientes elogiaram o fato de poderem se servir. Quanto ao numero de pessoas ainda é muito tímida a melhora. Tenho percebido que algumas empresas já estão voltando às suas atividades, espero que isso venha a influenciar" - Edyr Borges Cardoso, Restaurante Água na Boca.

"Nosso setor foi um dos mais afetados e discriminados na Pandemia. Com a flexibilização do sistema Self service, horário ampliado e outros fatores, voltamos a ter esperança de uma melhora no movimento. Neste primeiro fim de semana, o movimento melhorou um pouco e também conseguimos trabalhar melhor, pois com o sistema da pessoa se servir usando luvas, alivia nossa equipe para outras atividades. Não somos os vilões, seguindo todas as normas contra o Coronavírus podemos trabalhar com segurança e prevenção" - Andrea Cupolillo - Grandenio Hotel e Cantina/Cantina do Ênio

"Para mim não teve tanta alteração não, porque na verdade só mudou a carga horária. Normalmente depois das 22h nunca entra tanto cliente mesmo. Então, só manteve aqueles clientes que queriam ficar um pouquinho mais no estabelecimento, porque o restante, a quantidade de mesas e totalidade de pessoas continua a mesma coisa" - Chef Augusto Haki, Chopperia & Izakaya Sei Haki.

"Com certeza o decreto foi bom. Pra nós em específico, a extensão do horário até as 00h já ajudou bastante. Ainda não deu o retorno esperado pois foi muito em cima da hora pra esse fim de semana. Mas acredito que pra essa semana q inicia já deve melhorar mais. Mas os clientes já tem uma liberdade maior de horário, pois anteriormente estávamos recebendo muitas reclamações por conta do horário" - Rodrigo Carneiro Ferreira, Miolos Botequim.

"A gente estava esperando com muita ansiedade essa flexibilização. Ela foi muito bem vinda e o resultado foi muito bom. Estávamos com um período de faturamento muito curto, fechar as dez horas é um período muito curto de faturamento, então essas duas horas a mais, na sexta e no sábado, já deu um implemento muito bom aqui pra gente. Nós estamos ainda bem aquém do que era antigamente, mas já deu pra respirar um pouquinho, já deu pra gente ter um pouquinho de luz no fim do túnel. Se for ver como estava antes da flexibilização, neste primeiro final de semana deu uns 40% a mais do que estava antes" - Ricardo Nogueira Petrin, Pinga com Torresmo.

"Quanto ao movimento, não houve alteração significativa, são poucos dias para avaliar. Já a parte operacional melhorou muito para nós, podemos atender melhor nosso cliente" - Jorge, Restaurante E e E.

Compartilhar no Facebook
1 2 3 4 5 6 7